Instrução‎ > ‎História‎ > ‎

Jamboree no Ar

Jamboree no Ar

Jamboree foi a palavra criada por Baden-Powell, fundador do Escotismo Mundial, cujo significado é unir jovens em verdadeira confraternização, de 4 em 4 anos num Acampamento Mundial. Porém a situação geográfica de cada um e os elevados custos económicos tornam difícil a possibilidade de todos os escoteiros nele tomarem parte. Para preencher o espaço que separa os Acampamentos Mundiais, surgiu uma Actividade Mundial, em que os Escoteiros e Guias "Acampam no Ar", com o qual se pretendeu construir uma cadeia de confraternização, amizade e fraternidade.

A ideia nasceu em 1957, decorria em Sutton Park, na Inglaterra, o nono Jamboree que comemorava os 50 anos do escotismo (1907 em Browsea), celebrando ao mesmo tempo, o centenário do nascimento do fundador Baden-Powell. Naquele Jamboree, de homenagem póstuma a B-P, estava instalada uma aparelhagem de radioamador, que estabeleceu contactos com escoteiros de todo o mundo, que não puderam deslocar-se a Inglaterra para participarem. Tal facto criou nos presentes o desejo de que a experiência se repetisse, passando assim, a realizar-se todos os anos, no 3º fim de semana de Outubro, um Jamboree no Ar.

 

Só no ano de 1962 é que foi dado o passo definitivo para a participação efectiva dos escoteiros portugueses no Jamboree, com a colaboração de radioamadores que se disponibilizaram para o efeito.

Cartaz do 1º JOTA que incluíu Portugal

O JOTA passa a ser, então, um acontecimento com bastante adeptos no nosso país, alvo de especial atenção por parte dos agrupamentos e regiões, traduzida na criação de Departamentos Regionais de radioescotismo e Coordenações Regionais. O numero de escoteiros participantes não tem parado de aumentar nestes últimos anos.