Instrução‎ > ‎Escotismo‎ > ‎

Associação dos Escoteiros de Portugal

Associação dos Escoteiros de Portugal

Em 1911, o 1º Tenente Álvaro de Mello Machado fundou em Macau o primeiro grupo de Escoteiros em terras Portuguesas. No ano seguinte, Lisboa viu também surgir o primeiro Grupo do Continente Português, grupo que teve vida próspera, constituindo-se depois os Grupos 2 e 3.
Foram estes três grupos de Lisboa que em 6 de Setembro de 1913 fundaram a Associação dos Escoteiros de Portugal (A.E.P.).
Álvaro de Mello Machado, o jovem e brioso oficial de marinha, cheio de entusiasmo continuou a sua obra em Lisboa e, com a colaboração do grande pedagogo Dr. Sá Oliveira, então Reitor do Liceu Pedro Nunes, e de Roberto Moreton, lançou as bases da A.E.P. da qual viria a ser Escoteiro-Chefe Geral, com o Reitor Sá Oliveira dirigindo a Presidência.
Desde a sua fundação, alheia a credos religiosos e partidarismos políticos, a AEP conseguiu a admiração e o respeito do povo e dos primeiros governos da República, graças à acção desenvolvida pelos escoteiros e Dirigentes nos chamados anos heróicos do Escotismo Português, que se estendem até ao início de 1920.
Com a presença de vários escoteiros no 1º Jamboree Mundial, realizado em 1920, em Londres, a A.E.P. inicia as suas representações oficiais e participa em muitos eventos internacionais do Escotismo, tendo tido a grata missão de receber B-P nas suas visitas a Portugal em 1929 e 1934.

A A.E.P., na comemoração do seu 40º aniversário, tinha a alegria de poder contar ainda com a presença dos seus dois Fundadores. Actualmente a A.E.P. encontra-se espalhada por todo o Continente Português e Ilhas.

Hino da AEP