Instrução‎ > ‎Conselhos‎ > ‎

Conselhos para Acampar

Conselhos para acampar

A escolha do terreno é importante quando se vai acampar. Deve ser o mais compacto possível, num plano elevado e ligeiramente inclinado, para que a água da chuva não fique estancada. É preferível fugir das zonas com muita vegetação, já que os ramos podem cair em cima da tenda se houver vento ou se a árvores estiverem secas. Perto de rios ou lagos também não é muito seguro pois, se chover em abundância, pode haver cheias.
Antes de montar a tenda é conveniente limpar o terreno, pois uma pequena pedra ou galho pode rasgar o chão impermeável. Especialmente em tempo frio é importante reforçar o isolamento do chão, espalhando pela terra uma camada espessa de folhas ou ervas secas (os fetos dão um resultado perfeito, assim como a urze ou folhas de pinheiro).
O vento também pode estragar a estrutura da tenda, por isso é conveniente protegê-la do impacto directo do vento, montando-a com a rectaguarda voltada para o lado de onde sopra o vento. Para protecção suplementar utiliza-se algum tipo de vegetação, muro de neve, pedras ou um pára-vento.
Se a tenda for montada nas horas de maior calor, não é aconselhável esticar demasiado as espias, pois a humidade nocturna produz uma força da tensão, que se for excessiva, corre-se o risco de esforçar demasiado as costuras ou mesmo fazer com que as estacas se soltem.
As estacas da tenda devem geralmente ser colocadas num ângulo de 45º em relação ao solo. Uma solução para fixar melhor a tenda é pôr outra estaca em frente da que já está cravada, de forma a que a força fique repartida pelas duas, aumentando a estabilidade da tenda.
O comprimento das estacas depende de tipo de solo onde se vão cravar. Os solos de terra mole e com muita vegetação, requerem estacas compridas.
Para uma boa ancoragem pode-se utilizar sacos de plástico enterrados cheios de areia atados às argolas da tenda. Pode-se igualmente reforçar as espias ou a fixação com a ajuda de pedras, de um aterro de areia ou neve, atando as espias a árvores, arbustos, etc.
Uma vez montada a tenda, e sobretudo se o tempo se apresentar chuvoso, é conveniente fazer um rego a toda a volta da tenda para que a água vá escorrendo. A profundidade adequada para o rego deve ser de 10 centimetros para chuvas moderadas e de 20 centimetros para chuvas torrenciais. Deve ser feito sempre por baixo da beira do duplo tecto, por onde a água irá escorrer. Se a tenda for de lona, sem duplo tecto, é importante nunca tocar nas suas paredes quando estiver a chover, pois isso vai provocar forte infiltração de água.